Igor Santorsula/Flickr

O Ministério da Infraestrutura pretende repassar projetos de logística para a iniciativa privada até 2022, que somam aproximadamente R$208 bilhões em investimentos, sobretudo em rodovias. 

A iniciativa prevê leilões de aeroportos, ferrovias e portos como medida para garantir investimentos na área de infraestrutura. Em 2019 já foram realizadas 23 concessões leiloadas, 12 aeroportos e a ferrovia Norte-Sul (Tocantins-São Paulo).

Os principais aeroportos do país serão privatizados, como de Curitiba (PR), Manaus (AM), Boa Vista (PR), Porto Velho (RO), Goiânia (GO), Santos Dumont (RJ), Congonhas (SP) e outros.