Nesta terça-feira (18), a Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou um requerimento de convite ao procurador federal Deltan Dallagnol para que ele preste esclarecimentos sobre as trocas de mensagens com o então juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, durante a Operação Lava Jato.

O senador Angelo Coronel (PSD-BA) apresentou o  requerimento para apurar a “suposta e indevida coordenação de esforços” na Operação Lava Jato. O pedido foi apresentado assim que foram divulgadas as conversas dos dois por aplicativo de mensagens, em reportagem da agência de notícias The Intercept.