Um recuo de 0,2% no primeiro trimestre em relação a 2018. Foi esse o resultado do PIB no princípio do governo Jair Bolsonaro. Ainda segundo o IBGE, os investimentos recuaram 1,7% e o consumo das famílias estagnou.

O dado reflete a dificuldade do governo brasileiro em formar maioria no Congresso, construir pontes de diálogo e se livrar de agendas pueris como as chamadas guerras culturais, após a promessa, durante a campanha, de que a economia retomaria o caminho do crescimento.