Nesta quarta-feira (17) o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, defendeu  um novo Pacto Federativo, com uma nova distribuição dos recursos arrecadados entre os estados, os municípios e a União.

Alcolumbre, anunciou a criação de grupos temáticos para estudar mudanças na legislação e estabelecer uma nova fórmula para distribuir os recursos públicos para os entes federativos.

Após reunião com os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Davi manifestou apoio à reforma da Previdência, que classificou como “a mãe das reformas”. Mas, no momento, disse o presidente da Casa, o Senado vai “pilotar” a revisão do Pacto Federativo.