O relator da Reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Marcelo Freitas (PSL-MG), apresenta seu parecer na terça-feira (09). A votação deve ocorrer na próxima semana, dias 16 e 17.

Para ser aprovada na comissão, a proposta precisa do apoio da maioria simples (metade mais um dos presentes, desde que esteja presente a maioria absoluta dos membros da comissão: 34 dos 66 membros).

O parecer do relator não deverá propor nenhuma alteração de mérito da proposta, como a retirada do texto da aposentadoria rural ou do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Essas mudanças só devem acontecer durante o debate na Comissão Especial.