O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou em Brasília nesta quarta-feira (6) para liderar um movimento contra o impeachment de Dilma Rousseff, em discussão no Senado. No fundo, Lula confidencia a aliados que o processo “é irreversível”.

Os petistas, porém, estão pensando é na eleição presidencial de 2108. Acredita-se que Lula poderia se candidatar, tornando-se forte nome para o pleito, caso o PT assuma uma oposição combativa ao governo do presidente interino Michel Temer.

Na votação do processo na Câmara, Lula tentou de tudo para reverter a situação de Dilma. Não conseguiu mesmo dispondo da máquina pública federal. Dificilmente terá êxito neste momento.

Ao contrário do que anunciam em público, os petistas consideram ruim o retorno de Dilma Rousseff, o que acabaria minando as chances de sobrevivência do partido em 2018. Abatido por denúncias de corrupção, Lula só pensa em permanecer-se vivo politicamente, mas ainda precisará passar pela peneira do juiz federal Sérgio Moro, o responsável pela Operação Lava Jato, em Curitiba.

 

Perfomance Bond

Líder tucano no Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) apresentou projeto que cria o regime de Performance Bond, para cumprimento de todos os contratos de obras com a União com o objetivo de quebrar a interlocução direta entre as empreiteiras e os agentes públicos. O modelo vigora nos Estados Unidos desde 1897.

 

Incentivo para investimento em saneamento

O Senado aprovou nesta quarta-feira (06) o projeto que incentiva as companhias prestadoras de serviços de saneamento básico a aumentar seus investimentos no setor. O texto é um substitutivo da Câmara dos Deputados a um projeto de autoria do senador licenciado José Serra (PSDB-SP) e segue agora para sanção presidencial. Pelo projeto, que faz parte do Pacto Federativo, fica criado o Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento do Saneamento Básico (Reisb). Conforme a proposta, a empresa que aumentar os investimentos em determinados projetos ganhará créditos tributários das contribuições de PIS/Pasep e Cofins.