A presidente Dilma Rousseff quer aproveitar o Dia do Trabalho, 1º de Maio (domingo), para anunciar um reajuste nos benefícios do programa Bolsa Família. O índice do aumento ainda não está fechado, mas, no Palácio do Planalto, auxiliares da presidente dizem que será na faixa de 5%. (Estadão)

Câmara votará com urgência reajuste de até 41% do Judiciário vetado por Dilma

A Câmara dos Deputados poderá votar na semana que vem o projeto que reajusta o salário dos servidores do Poder Judiciário, que havia sido vetado pela presidente Dilma Rousseff no ano passado. Os deputados aprovaram nesta quinta-feira, por 277 votos a 4, a urgência do projeto, uma das pautas-bomba que o governo tinha conseguido segurar, que aumenta o salário da categoria entre 16,5% e 41,7% de forma escalonada. O projeto, que terá impacto de R$ 1,1 bilhão no Orçamento de 2016, agora poderá ser pautado a qualquer momento diretamente no plenário, sem ter que passar por comissões. (O Globo)

Governo federal tem deficit no 1º trimestre pela 1ª vez desde 1997

As despesas do governo federal superaram as receitas em R$ 18,2 bilhões no primeiro trimestre de 2016. Esse foi o primeiro resultado negativo registrado neste período do ano desde que o Tesouro Nacional passou a contabilizar os números pela metodologia atual, em 1997. No mesmo período do ano passado, foi registrado superavit primário de R$ 4,5 bilhões. (Folha)