Posse de Lula é suspensa após decisão judicial

Após a cerimônia de posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil,  o juiz Itagiba Catta Preta, da 4ª Vara Federal de Brasília, concedeu liminar para derrubar a nomeação. Para o magistrado, a questão é “complexa e também grave”, porque pode configurar crime de responsabilidade por parte da presidente Dilma Rousseff. Segundo o juiz, a presidente teria usado o cargo com o único propósito de transferir o foro responsável por conduzir as apurações contra Lula. Ele era investigado pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba, e agora o caso será enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF). (O Globo)

Novo ministro da aviação diz não temer expulsão do PMDB

O novo ministro da Secretaria de Aviação Civil, o deputado federal Mauro Lopes (PMDB-MG), disse nesta quinta-feira (17) não temer a expulsão de seu partido por ter assumido o cargo. Em entrevista após a transmissão do cargo na sede da Secretaria, Lopes afirmou que não descumpriu a decisão de seu partido. (Folha)

Cunha abre sessão para eleição de Comissão do impeachment

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduado Cunha (PMDB-RJ), abriu na tarde desta quinta-feira, 17, a sessão do plenário para a eleição dos parlamentares que vão compor a comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff. A primeira polêmica veio com um atraso do Partido Progressista, que entregou a lista com suas cinco indicações após o prazo final de meio-dia. (Estadão)