Crise faz Brasil perder 23 bilionários em um ano, aponta ‘Forbes’

O Brasil perdeu 23 bilionários, segundo o novo ranking mundial divulgado hoje pela revista norte-americana Forbes. A crise econômica em 2015 e a desvalorização do real foram as responsáveis por isso. O brasileiro mais rico é Jorge Paulo Lemann, com uma fortuna estimada em US$ 27,8 bilhões. Ele subiu sete posições na atualização de 2016, alcançado a marca de 19º maior bilionário do mundo. Já o banqueiro André Esteves despencou 493 degraus, para a 1.121ª colocação, com um saldo de US$ 1,6 bilhão. (Estadão)

Andrade diz ter pago ilegalmente dívida de campanha de Dilma em 2010

A segunda maior empreiteira do Brasil, a Andrade Gutierrez, afirmou ter quitado despesas com fornecedores da campanha eleitoral de Dilma Rousseff em 2010. O pagamento, ilícito, foi feito por meio de contrato fictício de prestação de serviço. A revelação foi feita no acordo para a delação premiada de 11 executivos da Andrade, segundo a Folha apurou. (Folha)

Novo ministro da Justiça foi aliado fiel de Jaques Wagner

Uma pessoa agradável, que trata bem a todos, recebe a quem pede audiência ou telefona, mas que ao longo de quatro anos como procurador-geral da Bahia atuou como um aliado fiel do então governador Jaques Wagner, sem levar adiante ações que poderiam até custar o mandato do petista. É assim que políticos baianos descrevem o novo ministro da Justiça, Wellington César, indicado para o cargo justamente por Jaques Wagner, atual titular da Casa Civil da Presidência da República. (O Globo)