Programa do PT na TV defende Lula e diz que suspeitas são preconceituosas

Nesta terça-feira (23), o Partido dos Trabalhadores irá transmitir na televisão um programa partidário de 10 minutos (das 20h30 às 20h40). O intuíto é fazer uma defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmando que as investigações e suspeitas contra ele não passam de preconceito de quem não aceita a sua origem pobre. A presidente Dilma Rousseff não atendeu ao convite para gravar para o programa e sua imagem aparece apenas uma vez, quando é mencionado o trabalho do partido pela inserção da mulher na política. (Folha)

Marqueteiro de Lula e Dilma é preso pela PF ao chegar ao Brasil

Ao chegar no Brasil, na manhã desta terça-feira (23), o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura, foram presos pela Polícia Federal. O advogado Fábio Toufic acompanhava o casal. Eles desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em um voo da Gol vindo de Punta Cana, na República Dominicana. Eles foram recebidos por agentes da PF. Santana e Mônica foram levados para Curitiba em um avião da Polícia. (O Globo)

Queda no salário de Dilma e ministros vira urgência

Líderes da base, em reunião com o ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, assinaram uma ordem de urgência constitucional para que o Projeto de Decreto Legislativo (PDCO) nº 295/15, que trata da reforma administrativa e da redução de salários do executivo, tenha prioridade nas votações na Câmara. O objetivo do governo é que o projeto chegue a Plenário para ser votado ainda esta semana. (Estadão)