Na Câmara para uma reunião com deputados da bancada, o líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), disse nesta terça-feira que considera “desnecessária” a interferência do vice-presidente Michel Temer na disputa pela liderança na Casa, segundo a Agência O Globo.

Depois de participar, junto com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), das articulações para destituir Picciani do posto no fim de dezembro, Temer resolveu se afastar das tratativas do Congresso e centrar esforços em sua reeleição para a presidência do PMDB, marcada para março. O movimento gerou troca de farpas entre o vice-presidente e Picciani.

— Esse tema está sendo tratado no interior da bancada, o conjunto da bancada tem um apreço grande pelo presidente Temer, de modo que eu particularmente acho que é desnecessária a presença do presidente do partido e vice-presidente da República na disputa interna da bancada — disse o líder do PMDB.

Ouça a entrevista: