Mais uma agência rebaixa nota do Brasil e país perde selo de bom pagador

A Fitch, agência de classificação de risco, rebaixou o Brasil e a nota de crédito do país caiu de BBB- para BB+. Pelo rating brasileiro está em perspectiva negativa, um novo rebaixamento pode vir nos próximos meses. Devido a isso, o Brasil perdeu o selo de bom pagador para mais uma agência. A Standard & Poor’s (S&P) já havia tirado o grau de investimento do país. (Correio Braziliense)
Vendas do comércio reagem e avançam 0,6% em outubro
Em comparação com outubro, as vendas do comércio reagiram e avançaram 0,6%. É a primeira alta depois de oito quedas seguidas, considerando o resultado frente ao mês anterior. Nesses oito meses, o varejo acumulou queda de 6,3%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE. (O Globo)
Renan critica Temer e o responsabiliza por divisão no PMDB
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), responsabilizou o vice-presidente da Republica, Michel Temer, pela divisão no partido. Temer, que também é presidente do PMDB, articulou com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), uma reunião da Executiva Nacional, que aprovou hoje (16) uma resolução estabelecendo que novas filiações de deputados federais e senadores sejam possíveis somente após o aval da Executiva do partido.
“Não quero analisar quem tem força ou quem não tem no PMDB. Só quero lembrar da responsabilidade do presidente do partido. É ao presidente do partido que cabe construir a unidade partidária. Não é difícil isso. A quem serve a divisão do PMDB? Dividir o PMDB para quê? O papel do presidente do PMDB é construir a união dessas forças todas, desses setores todos. O presidente tem responsabilidade nessa divisão”, criticou Renan. (Agência Brasil)