Início » Clipping: PT decide apoiar nome da oposição contra Maia

Clipping: PT decide apoiar nome da oposição contra Maia

A+A-
Reset


Após forte reação de sua base contra a possibilidade de apoio a um candidato da base de Michel Temer, a bancada do PT anunciou nesta terça-feira (31) adesão à candidatura do oposicionista André Figueiredo (PDT-CE) à presidência da Câmara.

Embora participem da principal legenda de oposição a Temer, petistas chegaram a avaliar apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) com o objetivo de obter cargos na administração da Casa. Venceu, entretanto, a tese de que o partido de Dilma Rousseff não poderia endossar candidatos que integraram o movimento de destituição da petista. (Folha)

Fachin deve protocolar pedido para mudar para turma da Lava-Jato

O ministro Edson Fachin deve protocolar nas próximas horas na presidência um pedido para mudar da Primeira para a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal.

Com isso, Fachin passaria a ser habilitado para entrar no sorteio entre os cinco integrantes do colegiado que deverá definir o novo relator da Lava Jato no STF.

Como Fachin é o ministro mais “novato” no Supremo, diante de seu pedido, a presidente do tribunal, Cármen Lúcia, terá de consultar os outros integrantes da Primeira Turma se teriam interesse em fazer a troca. (Estadão)

Decreto de Trump dificulta visto para brasileiros

A embaixada americana no Brasil publicou em seu site o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que muda regras de concessão de vistos para brasileiros e argentinos. O documento, classificado como “Ato do Executivo para proteger a nação contra a entrada de terroristas estrangeiros nos Estados Unidos”, revoga a isenção de entrevistas para quem quer renovar o visto na mesma categoria até 48 meses após o vencimento. Agora, só quem quer renovar após 12 meses após o vencimento estará liberado da entrevista.

Também terão de fazer entrevistas brasileiros e argentinos que solicitam o visto pela primeira vez e são maiores de 14 anos e com menos de 79 anos. Antes, estavam isentos de se submeterem a essa etapa do processo os menores de 15 anos e os que tinham mais de 66. Essas isenções para brasileiros e argentinos foram editas pelo ex-presidente Barack Obama há cerca de dois anos. (O Globo)

Páginas do site

Sugira uma pauta ou fale conosco

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais