sexta-feira, 13 dezembro, 2019
Início Autores por Murillo de Aragão

Murillo de Aragão

25 Publicações
Murillo de Aragão é advogado, jornalista, professor, cientista político e presidente da Arko Advice Pesquisas e sócio fundador da Advocacia Murillo de Aragão. É Formado em Direito pela Faculdade de Direito do Distrito Federal (UniCEUB), é mestre em Ciência Política pela Universidade de Brasília e doutor em Sociologia (estudos latino-americanos) pelo Ceppac – Universidade de Brasília. Entre 1992 e 1997 foi pesquisador associado da Social Science Research Council (Nova York). Foi membro do “board” da International Federation of the Periodical Press (Londres) entre 1988 e 2002. Foi pesquisador da CAPES quando doutorando no CEPAC/UnB. É membro da Associação Brasileira de Ciência Política, da American Political Science Association, da Internacional Political Science Association, da Ordem do Advogado do Brasil (Distrito Federal) e do IBRADE - Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral. Foi membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República (2007 - 2018). Como membro do Conselho, foi chefe de delegações do organismo na Rússia , BRICs e Comunidade Européia. Como palestrante e analista político, Murillo de Aragão proferiu mais de duas centenas de palestras, nos últimos 20 anos, em Nova York, Miami, Londres, Edimburgo, São Francisco, San Diego, Lisboa, Washington, Boston, Porto, Buenos Aires, Santiago, Lima, Guatemala City, Madrid, Estocolmo, Milão, Roma , Amsterdã, Oslo, Paris, entre outras, para investidores estrangeiros sobre os cenários políticos e conjunturais do Brasil. Aragão lecionou as matérias “Comportamento Político” e “Processo Político e Legislação” no Departamento de Ciência Política da Universidade de Brasília. Foi professor visitante da Universidad Austral, Buenos Aires e consultor do Banco Mundial. É professor-adjunto da Columbia University (Nova York) . Em 2017, foi convidado para ser professor-adjunto na Columbia University (Nova York) onde leciona a cadeira “Sistema Político Brasileiro”. É autor e autor do seguintes livros: Grupos de Pressão no Congresso Nacional (Maltese, 1992), ‘Reforma Política – O Debate Inadiável (Civilização Brasileira, 2014) e Parem as Maquinas (Sulina, 2017). É colunista de opinião da revista Isto É, e do jornal, O Estado de São Paulo.

Participação, política e sociedade

O Brasil precisa de mais transparência no sistema partidário Repousa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um questionamento — amparado pelos partidos PP e Solidariedade —...

Os bons frutos da polarização

O melhor dos mundos: reformas com democracia Muitos no Brasil de hoje se preocupam, corretamente, com as narrativas belicosas e a polarização ideológica. Devem também...

A volta do que não foi

1. Lula nunca deixou a cena política e, como sempre, tenta fazer do limão uma limonada. 2. Porém, sua saída da prisão foi um espetáculo...

Febre Latina

Fervem manifestações em alguns países da América do Sul. De uma hora para outra, Equador, Bolívia e Chile entraram em convulsão. Os protestos parecem...

Primeiros erros

A culpa, na política, é presença constante. A política é uma atividade de alto risco em que errar é a regra. Perdem-se eleições antes...

Risco político do governo Bolsonaro aumenta com crise no PSL

Briga com partido prejudica votações das pautas do Planalto no Congresso e pode ter impacto na CPMI das Fake News Ao dar as costas para...

Pensando em 2020

As possibilidades de crescimento em 2019 estão limitadas apesar do sucesso esperado com a reforma previdenciária, a cessão onerosa dos campos de petróleo e...

Análise: Bolsonaro e o PSL, convicção e conveniência

Sem Bolsonaro, o PSL será um partido rico, mas com uma narrativa empobrecida. A crise entre o PSL e o presidente Jair Bolsonaro faz parte...

A canhota irresistível

Lamentavelmente, o Brasil não possui uma direita necessária, disse o cientista político Sergio Fausto. Acrescento que tampouco temos uma esquerda adequada e verdadeiramente democrática....

Filhos do Telegram

A questão da falta de privacidade no Brasil não parece preocupar o cidadão. Nem as autoridades. Juízes já quebraram sigilo telefônico sem conferir se...

ÚLTIMOS ARTIGOS

19,215FãsCurtir
432SeguidoresSeguir
26 Publicações0 COMENTÁRIOS
25 Publicações0 COMENTÁRIOS
24 Publicações0 COMENTÁRIOS
21 Publicações0 COMENTÁRIOS
18 Publicações0 COMENTÁRIOS
15 Publicações0 COMENTÁRIOS
12 Publicações0 COMENTÁRIOS
9 Publicações0 COMENTÁRIOS
6 Publicações0 COMENTÁRIOS
2 Publicações0 COMENTÁRIOS
1 Publicações0 COMENTÁRIOS