foto: divulgação/Braskem

O Plastitroque emociona e surpreende a cada edição. Desenvolvido pela Braskem para conscientização ambiental e incentivo à reciclagem, o projeto promove a conscientização ao educar sobre a responsabilidade individual e coletiva na preservação do meio ambiente. E educa para o descarte correto e para o consumo responsável. Também incentiva à reciclagem porque todo o resíduo plástico arrecadado é destinado a uma cooperativa de reciclagem e muitos trabalhadores são beneficiados com empregos e geração de renda.

Assim, formamos uma rede com impactos positivos e compartilhamos conhecimento sobre a cadeia da reciclagem e a importância da coleta seletiva. São ações que fazem parte do compromisso da empresa com a economia circular para neutralizar emissões de carbono até 2050.

No Plastitroque, os resíduos plásticos são trocados por simbólicos plasticoins que são revertidos em alimentos. A edição mais recente, na Escola Victor Aggens, em Nova Santa Rita, mobilizou mais de 500 alunos e professores. Mais de uma tonelada de plástico foi arrecadada, volume que não foi parar nas ruas e mares porque foi descartado corretamente.

Mas o Plastitroque é muito mais. É também sobre solidariedade. Um aluno perguntou se poderia dar parte dos resíduos para quem não tinha arrecadado, assim todos ganhariam os alimentos. Diante da resposta afirmativa, ele comemorou. Quem entrega o maior volume de resíduo plástico recebe também um kit com material escolar e uma cesta de chocolates. Mas Bruno Correia, do 7º ano, abriu mão da premiação para ajudar cerca de 50 colegas a alcançarem o peso mínimo (900 g de plástico) para ganhar seu kit de alimentos.

Sua atitude nos ensina que, para fazer o bem, é necessário algo fundamental: empatia. Quando nos colocamos no lugar do outro, assumimos a necessidade do outro. Ao sermos empáticos, acolhemos. O Plastitroque também é uma lição para a vida. Em 2022, serão mais três edições para despertar a consciência ambiental, incentivar a reciclagem e aprender com exemplos como o do Bruno que o mundo, definitivamente, não está perdido.

Jeferson Conceição é Analista de Relações Institucionais da Braskem.