Início Governo Empresas pressionam Guedes pelo fim da greve da Receita Federal

Empresas pressionam Guedes pelo fim da greve da Receita Federal

Operação-padrão foi adotada pelo Sindifisco desde dezembro de 2021

Foto: Marcos Corrêa/PR

Entidades representantes de comerciantes e empresas ligadas ao comércio exterior (CACB, ACSP e FACESP) divulgaram nota nesta tarde cobrando posicionamento do Ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a greve dos servidores da Receita Federal.

Segundo a carta, a operação-padrão, adotada pelo Sindifisco desde dezembro de 2021, tem causado prejuízos econômicos e logísticos, sobretudo, às pequenas e médias empresas que atuam no comércio exterior. O procedimento torna mais rigorosa a checagem de documentos e cargas, aumentando o tempo de liberação dos produtos para seus destinos de comercialização.

“Na importação, observa-se a interrupção dos fluxos de suprimentos aumentarem os custos, com sérias ameaças e, consequentemente, pressionam a inflação. Na exportação, a quebra de contrato devido a atrasos, a perda de competitividade nas entregas, imagem internacional prejudicadas e o cancelamento dos negócios”, diz o documento.