Foto: Sony Lacerda

Em nota publicada nesta quinta-feira (07), o presidente da Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores), Wallace Landim, o Chorão, voltou a falar em greve e atacou a proposta da PEC dos Benefícios, a qual apelidou de PEC da escola.

“Mil reais não resolve o problema dos caminhoneiros autônomos, é uma afronta a nossa inteligência, é uma tentativa clara de comprar o direito mais digno de um cidadão que é o seu voto”, diz o texto. “Lembrando que a greve é um direito resguardado na constituição a todos os trabalhadores”, diz outro trecho.

Landim vem ameaçando uma greve, mas diz não querer divulgar a data da mobilização. A greve é ventilada desde maio deste ano, contudo não existiu unanimidade da categoria e a justificativa da categoria era de que os caminhoneiros têm uma responsabilidade social clara e por isso, a decisão precisava ser respaldada pela sociedade civil.

Autor

  • Jornalista brasiliense formado pela Universidade de Brasília (UnB). Tem passagem como repórter pelo Correio Braziliense, Rádio CBN e Brasil61.com. No site O Brasilianista cobre economia e política.