Início Economia Bolsonaro critica governadores que acionaram o STF contra a redução do ICMS

Bolsonaro critica governadores que acionaram o STF contra a redução do ICMS

”A força da lei se fará presente” disse o presidente sobre ação dos Estados

(Brasília - DF, 06/06/2022) Coletiva à imprensa sobre a PLP 18/2022. Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro  (PL) criticou os governadores que recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o teto estabelecido no ICMS dos combustíveis. Segundo ele, tais governadores “não querem colaborar com o povo” e “querem cada vez mais extorquir o contribuinte”. Bolsonaro também disse que “a força da lei se fará presente”, acreditando na decisão do STF em favor da redução dos impostos estaduais e reiterando que a redução ocorrerá de uma forma ou de outra. A fala foi durante evento na Bahia nesta sexta-feira.

O presidente deixou claro que a responsabilidade agora cabe aos governadores para que a redução no preço da gasolina seja sentida pelo consumidor, agradecendo aos entes estaduais que já aplicaram o novo teto.

“Eu perguntaria a vocês, estão gostando da baixa dos combustíveis? A pouco me culpavam pelo aumento, quando baixa, muitos se calam. É um trabalho nosso, começou com o governo federal baixando os impostos federais. Agora chegou a vez dos 27 governadores do Brasil”, declarou.

PEC dos Auxílios

Bolsonaro também parabenizou a aprovação pelo Senado da PEC dos Auxílios, ressaltando o aumento do Auxílio Brasil e do vale-gás em benefício da população. A proposta precisa, agora, ser votada pela Câmara dos Deputados.

Autor