Foto: (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Deputados protocolaram na tarde desta quinta-feira (23) duas medidas para tentar reverter a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de aumentar o preço das bandeiras tarifárias de energia.

O aumento homologado pela agência determina aumentos nas bandeiras vermelha patamar 1 (63,7%), bandeira vermelha patamar 2 (3,2%) e bandeira amarela (59,5%). A bandeira verde, hoje em vigor, seguirá sem cobrança.

Um projeto de decreto legislativo, de autoria do deputado Luizão Goulart (Solidariedade-PR), tenta suspender os reajuste anunciados pela Aneel na terça-feira (21). O parlamentar tentará acordo com Arthur Lira para que o projeto tramite em regime de urgência e vá direto ao Plenário da Casa.

Outra ação, de autoria de Danilo Forte (União-CE), presidente da Frente Parlamentar de Energias Renováveis, pede que o Executivo revise o reajuste autorizado pela agência reguladora nos estados do Ceará, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte.