O relacionamento institucional entre o deputado Arthur Lira e o senador Rodrigo Pacheco não é dos melhores. E isso se reflete no andamento da pauta legislativa. | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Se intensifica nesta semana a articulação em torno da reforma do Imposto de Renda, pauta travada na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado desde setembro. O relator, Ângelo Coronel, viaja hoje ao lado de Rodrigo Pacheco à São Paulo, onde o presidente do Senado dará entrevista ao programa Roda Viva.

Pacheco defende que o projeto, conhecido como Reforma do Imposto de Renda, volte a andar. Isso porque a tributação do lucro das empresas pode ser uma das fontes para custear a criação de um piso salarial para enfermeiros. Uma das opções avaliadas é avançar somente com as partes do projeto que já tem apoio da maioria dos senadores, como a tributação e a correção da tabela do IRPF.

A Câmara também pressiona pela aprovação desse projeto. Há o entendimento que o novo imposto poderia destravar a aprovação do programa de refinanciamento de dívidas de grandes empresas, o Refis.