Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira, afirmou hoje que quer votar a reforma administrativa antes de outubro. Ele ressaltou que a PEC está pronta para análise e pediu o apoio do meio empresarial brasileiro e o apoio explícito do governo. Apesar de cobrar o governo, Lira culpou a oposição pela PEC 32 estar parada. “Nós não abrimos mão do teto de gastos, mas não temos piso de gastos e isso só virá com a Reforma Administrativa” disse.

De acordo com Lira, a Câmara dos Deputados funcionará normalmente até o recesso, portanto é possível que a votação ocorra. Contudo, ele também não descartou a votação em agosto e setembro. Lira tem dito que quer deixar essa reforma como legado de sua presidência.

Autor