Linha de transmissão de energia. Foto: Agência Brasil

Foi realizada a 5ª Reunião Ministerial da Parceria do Clima e Energia das Américas (ECPA) entre 10 e 11 de fevereiro, com participação do Ministério de Minas e Energia (MME) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE). A reunião, realizada de forma remota, teve como objetivo discutir maneiras de acelerar a transição energética para o desenvolvimento sustentável. Foram destacados o papel de parcerias público-privadas e das energias renováveis para um setor energético de baixa emissão de carbono, além da importância do acesso universal à energia.

Paulo Cesar Domingues, Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME, chefiou a delegação dos dois ministérios. Estes destacaram que não há solução tecnológica única para a transição energética, que todas as fontes, tanto as consolidadas, como a bioenergia e hidroeletricidade, quanto as novas tecnologias, como hidrogênio, desempenham importante papel para consecução das metas de redução de emissão do setor energético.

Estiveram presentes ministros, vice-ministros e altas autoridades, organismos regionais como a Organização dos Estados Americanos (OEA), a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de representantes do setor privado e da sociedade civil.