Porque os políticos não querem o voto impresso? 
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A pesquisa Genial/Quest divulgada nesta quarta-feira (9), aponta que não houve mudança no cenário da sucessão. O ex-presidente Lula (PT) continua liderando com 45% das intenções de voto. O segundo colocado é o presidente Jair Bolsonaro (PL) com 23%. Os ex-ministros Sérgio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) dividem a terceira posição. Ambos têm 7% das intenções de voto.

O governador de São Paulo (SP), João Dória (PSDB), e o deputado federal André Janones (Avante) aparecem com apenas 2% das intenções de voto cada. E a senadora Simone Tebet (MDB) registra 1%. Brancos, nulos e indecisos somam 13%.

Foram testadas cinco simulações de segundo turno. Em todas elas o ex-presidente Lula venceria seus possíveis adversários: Bolsonaro (54% a 30%), Moro (52% a 28%), Ciro (51% a 24%), Doria (55% a 16%) e Janones (56% a 14%).

Segundo Turno
O instituto simulou cenários de um possível segundo turno todos com vitória de Lula: sobre Bolsonaro (54% a 30%); Moro (52% a 28%); Ciro (51% a 24%); Doria (55% a 16%); e Janones (56% a 14%). O índice de nulos e brancos cresce respectivamente em cada uma dessas simulações, variando de 13% a 26%.

Definição de Votos
58% dos eleitores dizem já ter tomado sua decisão e 40% não descartam mudança, caso algo aconteça. Entre as certezas de votos estão Lula e Bolsonaro.

A pesquisa ouviu, presencialmente, 2 mil eleitores, de 16 anos ou mais, nas 27 unidades da Federação, entre os dias 3 e 6 de fevereiro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-08857/2022.


Autor