Foto: Estadão Conteúdo

O ministro da Cidadania, João Roma, destacou que o Auxílio Brasil, o novo programa de transferência de renda, deve injetar mais de R$ 90 bilhões na economia de varejo em 2022. A declaração do ministro foi feita na última segunda-feira, em entrevista ao programa A Voz do Brasil

Roma revelou que o governo poderá pagar um adicional do auxílio emergencial a homens chefes de família. O auxílio, que estava em vigor até outubro do ano passado, que originalmente era previsto apenas para mulheres, foi liberado no final do ano passado para o pagamento a homens chefes de família.O pagamento ainda não tem data definida, mas será feito pela Caixa. 

Segundo o ministro, serão vários programas que pretendem ir além da proteção social, mas buscar também a transformação social das famílias do país. “Estamos conseguindo fortalecer com o programa permanente de transferência de renda, que é o Auxílio Brasil, mais de 17 milhões de famílias necessitadas em todo o Brasil”, declarou o ministro.

A Tarifa Social da Energia Elétrica também é uma concessão vinculada ao cadastro do Auxílio Brasil, realizado pelo CadÚnico, que oferece desconto automático na conta de luz. Esse benefício é aplicado aos cadastros qualificados do CadÚnico, não sendo necessário realizar uma solicitação, o sistema seleciona automaticamente e aplica o desconto. Para ter acesso ao desconto é importante manter o cadastro em dia.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Autor

  • Jornalista pela Universidade Católica de Brasília. Nascida em Brasília-DF, tem passagem como repórter na Rádio Senado. No site O Brasilianista cobre política e economia.