Governo prevê a realização de leilões de três terminais portuários em agosto deste ano
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Um levantamento produzido e divulgado pelo IBGE nesta terça-feira (21/12) concluiu que de 2002 a 2019, o maior ganho de participação no Produto Interno Bruto (PIB) ocorreu em Maricá (RJ), com aumento de 0,5 ponto percentual, devido à extração de petróleo. Os municípios do Rio de Janeiro lideram a expansão do PIB entre 2002 e 2019, com a indústria do petróleo. Maricá lidera a lista à frente de Niterói, que aparece com 0,3 ponto, por razão semelhante.

De acordo com a Secretaria Municipal de Fazenda Maricá, a exploração do recurso natural fez com que a arrecadação saltasse de R$ 600 milhões, há nove anos, para R$ 4,3 bilhões. A cidade tem cerca de 180 mil habitantes, e apresentou o maior crescimento do PIB do entre as 5.570 cidades brasileiras.

Nos últimos seis anos, a cidade saiu da 53ª posição no Índice de Participação dos Municípios, ranking anual produzido pela Secretaria de Estado de Fazenda, para a terceira posição, atrás apenas da capital do Estado e de Duque de Caxias. O município destaca duas iniciativas para que a injeção de recursos resulte em crescimento sólido: a criação de uma moeda social própria, a mumbuca, e a criação de um fundo soberano, para garantir ao município um volume de recursos para o futuro pós-royalties do petróleo.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.