Fabiano Contarato se encontra com Lula. Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que ganhou espaço na mídia devido à atuação na CPI da Pandemia, está em processo de troca de partido: pediu a desfiliação da Rede Sustabilidade e vai se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ele já vinha em um processo de escolha de um novo partido e havia sido convidado a se filiar ao PT pelo ex-presidente Lula no início deste ano.

“Com a militância social e as lideranças do PT, pretendo somar esforços para que o país retome sua trilha de desenvolvimento, pleno emprego, defesa dos direitos humanos, proteção e oportunidade aos mais pobres, apoio do Estado às maiorias minorizadas, combate a todo tipo de desigualdade, investimento em saúde e educação”, anunciou o senador por meio de nota.

Contarato é cotado para disputar ao governo do Espírito Santo em 2022.

Autor

  • Jornalista brasiliense formado pela Universidade de Brasília (UnB). Tem passagem como repórter pelo Correio Braziliense, Rádio CBN e Brasil61.com. No site O Brasilianista cobre economia e política.