Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O PSD, que se reuniu nesta terça-feira (23) para discutir um posicionamento em relação à PEC dos Precatórios deve solicitar o adiamento da votação na CCJ, marcada para a manhã de quarta (24). De acordo com o líder do partido no senado, Nelsinho Trad (MS), a reunião de hoje acabou sendo inconclusiva, uma vez que o texto do relator, Fernando Bezerra Coelho, ainda não é conhecido.

Uma reunião da bancada com Bezerra foi marcada para 15h de quarta. Antes disso, a bancada não deve emitir uma decisão.

“O PSD vai fazer a gestão junto ao presidente da CCJ, aos líderes e ao relator para que só coloque a matéria a partir do momento que se exaurir todas as questões”, declarou Trad.

Segundo o líder, a bancada concordou em dois pontos: de que é preciso garantir o Auxílio Brasil permanente e a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos.

A bancada do PSD tem 12 senadores.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.