Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pediu novamente que o Senado vote o Projeto de Lei 2337/21, que trata da reforma do Imposto de Renda. A proposta foi aprovada em setembro na Câmara dos Deputados e aguarda deliberação dos senadores.

Lira disse que quando assumiu a presidência da Casa, tinha um acordo com o Senado. A Câmara votaria a proposta do passaporte tributário, que tramita no Senado, e os senadores votariam as alterações no Imposto de Renda aprovadas pela Câmara. Mas, segundo o presidente, o acordo não foi cumprido. As declarações foram feitas em evento da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad) na segunda-feira (22).

Segundo o presidente, com a aprovação das alterações haveria espaço para custear um programa social permanente. Como o texto está parado no Senado, Lira disse esperar a aprovação da PEC dos Precatórios para garantir que o Auxílio Brasil seja pago, e dentro do teto de gastos. “Estamos com mais de 20 milhões de famílias passando fome, daí a importância da PEC dos Precatórios e do auxílio temporário”, defendeu.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.