O senador do partido Democrata dos EUA Jon Tester apresentou um projeto de lei na quinta-feira (18/11) para suspender as importações de carne bovina brasileira para o país. Tester pediu que especialistas revissem “a segurança de commodities” depois de notícias da imprensa estadunidense darem relatos de que o Brasil atrasou a comunicação de dois casos da doença da vaca louca.

O pedido vem por pressões políticas de produtores de gado dos EUA que estão pedindo a suspensão de importações brasileiras e cobrando saber qual protocolo o país utiliza para detectar doenças animais e possíveis ameaças para consumidores. O Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo, e já havia suspendido exportações para a China, após a confirmação, no início de setembro, de dois casos “atípicos” da doença.

Os Estados Unidos importaram US$ 62,3 milhões de carne bovina e produtos de carne bovina do Brasil nos primeiros nove meses do ano, um aumento de 36% em relação ao mesmo período em 2020. Em volume total, o Brasil foi o segundo maior fornecedor de importações de carne bovina e produtos para os EUA no período, atrás apenas do México.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.