Eleições de 2022: Sergio Moro negocia com o Podemos 
Albari Rosa / Gazeta do Povo

Recém filiado ao Podemos, o ex-ministro e pré-candidato à presidência da república em 2022, Sérgio Moro faz mistério sobre quem comporá sua equipe econômica. Diversos nomes já foram citados como possíveis conselheiros, mas ainda não há definições sobre a posição.

De acordo com o senador Lasier Martins (Podemos – RS) Moro tem se concentrado em fazer contatos com economistas e visitas. A economia é um dos principais focos do pré-candidato além do combate à corrupção. “Ele quer manter o socorro às pessoas pobres, quer que as verbas sejam transparentes, não admite o “orçamento secreto”. Conforme a posição do partido, não aprova a PEC dos precatórios, a menos que aceitem a proposta de emenda do senador Oriovisto (Podemos – PR). Vai defender as privatizações e fazer um levantamento das estatais deficitárias”, disse o senador.

Em seu discurso, durante o evento de filiação, Moro disse que falta comprometimento com os mais vulneráveis.“Mesmo com o auxílio Brasil, que é importante, vem coisas ruins juntas, como o calote de dívidas. Quando o governo finalmente decide vender uma estatal, vem uma série de jabutis”, destacou.

Imersão

Nos próximos dias, o ex-ministro da Justiça estará imerso em uma agenda que vai de visitas institucionais a redações jornalísticas à participações em eventos temáticos.

Nos dias 19 e 20, juntamente com os políticos João Doria, Eduardo Leite, Simone Tebet, Ricardo Nunes, Henrique Meirelles e Marcelo Ramos, Moro deve participar do Congresso MBL.

Outro importante evento é o Fórum da Nova Economia Global que deve ocorrer nos dias 23 e 24 de novembro, em Manaus. Entre os temas que serão debatidos estão o mundo pós Covid19, iniciativas ESG, segurança alimentar, além de novos veículos e formas de transporte. O ex-presidente Michel Temer, Fernando Collor, Alexandre Padilha, Marcos Pontes, Henrique Mandetta e Tereza Cristina, são alguns dos nomes que também participarão do evento.

Saiba mais

Moro se filia ao Podemos e critica Bolsonaro

Mandetta, Moro e a terceira via

 


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.