Discussão e votação de projetos. Dep. Ricardo Barros PP-PR. Foto:Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O governo está otimista sobre a aprovação da PEC dos Precatórios. “Temos vários parlamentares que estavam ausentes na última votação que estarão presentes agora e nós temos, portanto, na nossa matemática, mais votos a favor nesse 2º turno do que tivemos no 1º turno. A votação ocorrerá de forma tranquila, mas é uma votação longa”, declarou o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR) a jornalistas na saída do Palácio do Planalto.

A votação dos destaques em primeiro turno, que já começou, dá sinais de que a maioria dos deputados é favorável à PEC. Os deputados rejeitaram uma tentativa do PT de excluir dispositivo da PEC que permite o uso de precatório para quitação de débitos, compra de imóveis, pagamento de outorgas, entre outros. Foram 336 votos para manter o dispositivo e 140 pela retirada. Foram 478 votantes, ao todo.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.