Geraldo Magela/Agência Senado

Em entrevista à TC Rádio nesta sexta-feira (01/10), o senador Angelo Coronel (PSD-BA) disse não ter pressa para entregar o relatório do projeto de Reforma do Imposto de Renda, mesmo com o pedido de celeridade feito por Paulo Guedes. “Meu relatório só vai sair se estiver de acordo com o desejo de todos os membros da sociedade que estão sendo ouvidos. Não faz sentido entregar um projeto para agradar membros do governo”, disse. 

O senador ressaltou ainda que a reforma estaria ocorrendo no momento errado, já que de acordo com ele, com a aprovação em 2021, as empresas teriam pouco tempo para se adequar às novas regras. “Reforma tributária é para ser feita no início do exercício do governo. Não dá para fazer uma reforma do IR com previsão de aprovação em dezembro, no último mês de exercício fiscal das empresas. Prejudica muito as companhias e indústrias”, explica. 

Jogos de azar 

O senador se diz favorável à inclusão dos jogos de azar na reforma do IR por acreditar que os jogos poderiam ser fonte de renda.Jogo é uma atividade econômica, gera recursos, gera emprego. Mas, infelizmente aqui no Brasil, tem pessoas com pensamentos muito retrógrados que não querem aprovar os jogos para não gerar recursos novos para a União”, disse. 

 


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Autor

  • Jornalista brasiliense formada pela Universidade de Brasília (UnB). Passou pelas redações do Correio Braziliense e TV Record. No site O Brasilianista cobre economia e política.