Presidente da República Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

As manifestações convocadas pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 7 de setembro, que mobilizam sua base social e provocaram uma reação negativa no mundo político e junto a setores importantes do PIB nacional, não mexeu no humor da opinião pública.

Segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (16) pelo PoderData, a avaliação negativa (ruim/péssima) do governo oscilou um ponto percentual para cima em relação ao levantamento realizado entre 30 de agosto e 1 de setembro, e agora registra 56%.

A avaliação positiva (ótimo/bom) oscilou de 25% para 27%, índice que está dentro da margem de erro – dois pontos percentuais para mais ou para menos. E a avaliação regular ficou estável em 14%.

Os números da sondagem mostram que, apesar do barulho que as manifestações provocaram, o tema ficou distante da agenda da opinião pública, que hoje se concentra em pautas como desemprego e inflação, principalmente dos preços dos alimentos, combustíveis, gás e energia elétrica.

Carta à nação é bem avaliada

A carta à nação divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro pregando a harmonia entre os Poderes, divulgada na semana passada, foi bem recebida pela opinião pública. Segundo a pesquisa PoderData divulgada hoje (16), 55% dos entrevistados entendem que Bolsonaro acertou com o aceno ao Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). Outros 30% dos entrevistados avaliam que o presidente errou. E 15% não souberam responder.

Entre os que avaliam o governo positivamente (27%), 65% avaliam que Jair Bolsonaro acertou ao divulgar a carta. 33% dos bolsonaristas entendem que o presidente errou. E 3% não souberam opinar.

Embora parte da base social do presidente não tenha gostado da carta, ao menos por enquanto, esse sentimento não se traduz em perda de popularidade para o governo.

Por outro lado, mesmo que a maioria de seus seguidores tenha gostado da carta, a avaliação do governo não se moveu.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.