Sancionada lei que moderniza o marco regulatório das ZPEs
O presidente Jair Bolsonaro durante solenidade de Ação de Graças, no Palácio do Planalto.

A nova pesquisa do instituto Datafolha, divulgada hoje (16/9), aponta que a avaliação negativa (ruim/péssimo) do governo Jair Bolsonaro oscilou dois pontos percentuais em relação a outubro, quando foi realizado o último levantamento do instituto, e soma 53%.

A avaliação positiva (ótimo/bom), por outro lado, atingiu 22%, dois pontos a menos que o levantamento anterior. E a avaliação regular se manteve em 24%. Os percentuais estão dentro da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo o Datafolha, quem mais aprova o governo possui renda mensal acima de dez salários (47%), empresários (38%), moradores da região Sul (29%) e os evangélicos (29%).

Por outro lado, quem mais rejeita o governo são os segmentos da população com ensino superior (85%), estudantes (73%) e os homossexuais (61%).