Presidente da Câmara, dep. Arthur Lira (PP-AL). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) defendeu nesta sexta-feira (7), que as mobilizações de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro para o 7 de setembro não colocam em risco a Democracia.

“Só se fala em 7 de setembro. O humor das bolsas e dos mercados está na hipótese do 7 de setembro. Pelo amor de Deus! Não haverá nada no 7 de setembro”, exclamou, em evento da Esfera Brasil.

A apreensão sobre os protestos marcados por apoiadores de Bolsonaro aumentaram depois que policiais militares passaram a atuar na mobilização. Em São Paulo, o governador João Doria chegou a afastar um coronel, o policial Aleksander Lacerda, depois dele passou a convocar a participação de policiais nos protestos.

A principal preocupação é porque parte dos manifestantes pretende levar às ruas pautas como o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e a intervenção das Forças Armadas.

Em seu discurso, Arthur Lira defendeu que as instituições não estão em perigo. “No que depender de nós, não haverá nenhuma ruptura institucional”, disse.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.