Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O regime de urgência para o projeto de lei que altera as regras do Imposto de Renda (IR) foi aprovado na Câmara dos Deputados na última quarta-feira (4), por 278 votos a 158. O PL 2337/21, do Poder Executivo, que é uma das propostas da reforma tributária, poderá ser votado nas próximas sessões do Plenário.

Sob relatoria do deputado Celso Sabino (PSDB-PA), o texto do projeto modifica diversos pontos, como diminuição do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), reajuste da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e tributação dos dividendos e lucros distribuídos aos sócios.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que pretende votar nesta semana a reforma do imposto de renda e taxação de dividendos. No começo da semana ele pautou para o plenário o requerimento de urgência ao projeto.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Autor

  • Graduanda em Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Tem passagem como repórter pelo Jornal de Brasília, Correio Braziliense e Brazilian Press. Como produtora atuou no SBT Brasília. No O Brasilianista cobre economia e política.