Exportações de agronegócio batem recorde de US$12 bilhões em junho 

As exportações do agronegócio em junho deste ano bateram recorde para o mês, totalizando US$ 12,11 bilhões. O valor representa uma alta de 25% se comparado ao mesmo período do ano passado, que exportou US$9,69 bilhões em junho de 2020. 

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o aumento de 30,4% dos preços internacionais dos produtos agropecuários exportados pelo Brasil foi a principal variável responsável por este valor recorde. 

A secretaria afirmou que o aumento, em virtude da recuperação econômica global, foi decisivo para o recorde do mês, já que houve diminuição no volume. Foi registrada queda de 4,1% no índice de quantum das exportações brasileiras. 

No caso das importações do agronegócio, o aumento foi de 54,2%, chegando a US$ 1,28 bilhão. Desta forma, o saldo da balança comercial do agronegócio atingiu US$ 10,8 bilhões. 

Agronegócio: soja e carnes

Um pouco mais da metade do valor exportado pelo Brasil em produtos do agronegócio se deveu às vendas externas de soja, que segue sendo o principal setor exportador do agronegócio brasileiro. As vendas externas do grão alcançaram valor recorde de US$ 5,30 bilhões, mesmo com redução de 12,9% do volume exportado, 11,1 milhões de toneladas.

As exportações de carnes foram de US$ 1,78 bilhões (+26,6%) em junho. O incremento do valor ocorreu em função da elevação da quantidade exportada (+9,4%) como ao aumento médio do preço de exportação (+15,7%). 


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.