Bacia de Santos atinge recorde na produção brasileira de petróleo e gás
Foto: Agência Petrobras

A Bacia de Santos, localizada em São Paulo, atingiu, no mês de junho de 2021, a sua maior participação na produção nacional de petróleo e gás natural: 71,06%, com 2,67 milhões de barris equivalentes de petróleo por dia, de acordo com a métrica internacional do produto, Barrels Of Oil Equivalent Per Day BOE/D (barris de petróleo equivalente por dia). Os dados foram divulgados pelo Painel Dinâmico de Produção de Petróleo e Gás Natural da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na última terça-feira (20).

A Bacia de Campos, situada no Rio de Janeiro, se manteve como a segunda maior produtora do país, com 805,90 mil boe/d, representando 21,45% do total nacional. O Campo de Búzios teve o poço que mais produziu no mês, o 7-BUZ-10-RJS, com uma média de 66,51 mil barris diários.

Entre as bacias sedimentares terrestres, o destaque, de acordo com a ANP, foi a Bacia do Parnaíba, que, com 45,77 mil boe/d, teve um acréscimo de 24% em relação ao mês anterior. A variação, segundo o órgão, se deu pelo aumento da demanda de termoelétricas.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Para outras notícias confira O Brasilianista.

Autor

  • Pedro é estudante de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, São Paulo, e participou da fundação da CNN no Brasil, trabalhando por um ano na emissora. Atualmente, direto da capital federal, cobre política e economia em O Brasilianista e na Arko Advice.