Senador Rodrigo Pacheco. Foto: Pedro França/Agência Senado

O atual presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) deve dar prosseguimento em breve ao processo de troca de partido. Ele deve se filiar ao Partido Social Democrático (PSD), presidido por Gilberto Kassab. O objetivo: concorrer à presidência da República.

A informação foi confirmada pela Arko Advice junto a membros do PSD. Segundo eles, o presidente da legenda, Gilberto Kassab, tem deixado claro a interlocutores que o objetivo da filiação de Pacheco é concorrer à presidência da República como mais uma opção da chamada “terceira via”.

Contudo, Pacheco ainda adota uma postura cautelosa. “Não discutirei agora o processo eleitoral de 2022. Meu compromisso é com a estabilidade do país, e isso exige foco nos muitos problemas que ainda temos em 2021”, escreveu em nota nesta segunda.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Autor

  • Jornalista brasiliense formado pela Universidade de Brasília (UnB). Tem passagem como repórter pelo Correio Braziliense, Rádio CBN e Brasil61.com. No site O Brasilianista cobre economia e política.