Lula e Bolsonaro

A pesquisa XP/Ipespe também realizou simulações sobre a sucessão. Assim como o apontado por pesquisas anteriores divulgadas nessa semana – CNT/MDA e PoderData – o ex-presidente Lula (PT) está em vantagem no embate com o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Na simulação de primeiro turno, Lula lidera com 38% das intenções de voto, seis pontos percentuais a mais que o registrado em junho. Bolsonaro perdeu dois pontos entre junho e julho, aparecendo agora com 26%.

Na terceira posição há um quadro de embate técnico entre os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Sem partido). Ciro tem 10% e Moro aparece com 9%. Em seguida aparecem outros três presidenciáveis, também tecnicamente empatados: o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 3%, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e Guilherme Boulos (PSOL) com 2%, cada. Brancos, nulos e indecisos somam 11%.

Num segundo cenário testado, Lula lidera com 35%. Bolsonaro está em segundo lugar com 27%. Ciro tem 11%. Mandetta (5%) aparece em quarto lugar tecnicamente empatado com o apresentador da TV Bandeirantes, José Luiz Datena (PSL), e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que registram 4%. Boulos aparecem com 2%. Brancos, nulos e indecisos somam 12%.

Embora tenhamos cerca de 1/3 do eleitorado fora do embate Lula x Bolsonaro, a quebra dessa polarização continua difícil. Mesmo que na menção espontânea 38% dos entrevistados ainda não tenham candidato, 25% citam Lula e 22% mencionam Bolsonaro. Ou seja, o ex-presidente e o presidente possuem uma intenção de voto bastante consolidada nesse momento.

Segundo turno seria adverso para Bolsonaro

Nas simulações de segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 49% a 35%. Conforme podemos observar, em relação à sondagem de junho, a vantagem de Lula, que era de 45% a 36%, aumentou.

Jair Bolsonaro também seria derrotado por Ciro Gomes (43% a 33%). O presidente aparece tecnicamente empatado, mas numericamente atrás de Sergio Moro (37% a 34%). Bolsonaro também empata com Doria (37% a 34% em favor de Bolsonaro) e Eduardo Leite (35% a 32% em favor do presidente) e Mandetta (35% para cada um)

Lula, além de vencer Bolsonaro, derrotaria também Ciro (45% a 30%), Mandetta (48% a 25%) e Leite (49% a 31%).


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real além de relatórios, Lives Exclusivas e um Evento Especial com figuras notáveis da nossa rede de contatos.