Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministro da Educação, Milton Ribeiro, prestará esclarecimentos sobre os impactos do veto de R$ 2,2 bilhões e do bloqueio de R$ 2,7 bilhões do orçamento previsto para a educação. Ribeiro será ouvido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (7). 

A solicitação da presença do ministro veio do deputado Danilo Cabral (PSB-PE), que citou uma reportagem do jornal Estado de S. Paulo a qual afirma que Milton Ribeiro teria enviado um documento ao ministro da Economia, Paulo Guedes, admitindo que os cortes no orçamento da Educação ameaçam a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o funcionamento regular das universidades federais e, até mesmo, a continuidade do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). 

Danilo Cabral afirmou que essa é, seguramente, a mais grave crise de financiamento dos últimos vinte anos.

A audiência com o ministro da educação dá continuidade ao debate realizado em 9 de junho, onde o Ribeiro foi criticado por ter colocado como problema orçamentário a destinação de R$ 3,5 bilhões para levar internet gratuita a estudantes de baixa renda e a professores da rede pública de ensino.

Os deputados também criticam o ministro por definir como ‘dificuldade extra’ despesa com internet de alunos. 

A audiência com o ministro será realizada no plenário 12, a partir das 9h.