Foto: Ministro Fábio Faria - Ministério das Comunicações

O ministro das Comunicações (MCom), Fábio Faria, participou, na última terça-feira (29), do segundo dia de programação do Mobile World Congress 2021, realizado em Barcelona, na Espanha. No painel “Inovação e Investimento 5G”, Faria argumentou que o número de dispositivos móveis vinculados na Internet das Coisas (IoT) no Brasil irá triplicar no país com a nova tecnologia móvel. A projeção, de acordo com o ministro, é que passem dos atuais 30 milhões para 100 milhões até 2023. 

A IoT é a interconexão de dispositivos conectados pela internet. Um telefone que está conectado com uma lâmpada de luz, por exemplo, faz parte da Internet das Coisas. Atualmente, mais de 20 bilhões de dispositivos, ao redor do mundo, estão conectados na Iot. Segundo os dados da empresa de comunicações Oracle, o número pode crescer para 22 bilhões até 2025.  

5G e economia 

O ministro Fábio Faria também falou sobre os avanços no leilão do 5G no Brasil e reforçou a importância dos investimentos em telecomunicações para impulsionar a economia global. 

“As aplicações 5G nos ajudarão a aumentar a produtividade brasileira em setores que temos participação internacional significativa, como minério de ferro, soja, proteína animal, café, máquinas e aeronaves”, sustentou o ministro. O encontro fez parte do Programa Ministerial da GSMA – entidade que representa as operadoras de redes móveis do mundo. 

Além dos impactos econômicos, Faria defendeu a importância do leilão do 5G para ampliar a conectividade no país e acabar com o deserto digital. O leilão brasileiro, que está previsto para o segundo semestre de 2021, prevê, entre outras metas, o aporte de investimentos para expandir a cobertura da banda larga para mais de 2,5 mil comunidades indígenas e para 48 mil quilômetros de rodovias federais. 

“A partir do leilão também vamos implantar um sistema de fibra óptica para atender comunidades na Amazônia e disponibilizaremos rede privativa segura para o governo”, pontuou o ministro. Faria argumentou que o número de dispositivos móveis vinculados na Internet das Coisas (IoT) irá triplicar no país com a nova tecnologia. A projeção é que passem dos atuais 30 milhões para 100 milhões até 2023. 

De acordo com estimativas da GSMA, o 5G deve agregar US$ 2,2 trilhões à economia global nos próximos 14 anos devido aos benefícios digitais que levará a setores como manufatura, saúde e serviços públicos. 

 Mobile World Congress

Em Barcelona, o Mobile World Congress reúne mais de 2,4 mil empresas líderes do setor de telecomunicações e da indústria móvel. Há mais de 30 anos, o evento é referência em novas tecnologias e atração de investimentos. 

Essas, e outras notícias, você também encontra na Arko Advice e no portal O Brasilianista