Lula e Bolsonaro

A XP/Ipespe também realizou simulações sobre a sucessão de 2022. Assim como o apontado por outros levantamentos, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) e o ex-presidente Lula (PT) polarizam a disputa (Bolsonaro e Lula). Lula aparece com 32% das intenções de voto. Bolsonaro registra 28%. A diferença entre eles está dentro da margem de erro (3,2%).

Em seguida aparecem cinco pré-candidatos tecnicamente empatados. Os ex-ministro Sergio Moro (Sem partido) e Ciro Gomes (PDT) aparecem com 7% e 6%, respectivamente. O apresentador da TV Globo, Luciano Huck (Sem partido), tem 4%. O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o governador João Doria (PSDB-SP) aparecem com 3% das intenções de voto. E Guilherme Boulos (PSOL) aparece com 2%. Brancos, nulos e indecisos somam 15%.

Segundo turno difícil para Bolsonaro

As simulações de segundo turno mostram uma disputa difícil para o presidente Jair Bolsonaro. Ele perderia para Lula (45% a 36%) e Ciro (41% a 37%).

Bolsonaro empataria com Moro (32% das intenções de voto cada um). O presidente também empata tecnicamente com Huck (37% a 34% em favor de Bolsonaro) e Doria (39% a 33% em favor do presidente).

Hoje, Jair Bolsonaro venceria somente Boulos (40% a 30%).