Fábio Faria no 3º dia de Missão 5G, nos EUA

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participou de mais uma reunião da “Missão 5G”, na última quarta-feira (9), em Washington, nos Estados Unidos. No encontro, a empresa Nokia fez uma demonstração de como funciona a rede privativa de 5G que implementou no governo americano.

A tecnologia do 5G oferece capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos ao mesmo tempo, altíssimas velocidades de internet, maior confiabilidade e disponibilidade.

Até o momento, Faria já se encontrou com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Claver-Carone, com o Gabinete de Segurança Institucional americano, com as empresas Qualcomm, Motorola, IBM e com o Eurasia Group para discutir os desafios no cenário político. Os compromissos oficiais do ministro serão em Washington, de 7 a 9 de junho, e em Nova York, em 10 de junho.

Investimentos

Durante reunião com o presidente do BID, Mauricio Claver-Carone, na última quarta (9), Fábio Faria garantiu mais US$ 1 bilhão em investimentos para inclusão digital na Região Norte do Brasil. Com o acordo, o governo federal terá US$ 2 bilhões para aplicar na área, sendo US$ 1 bilhão para a Região Amazônica.

“Temos hoje no Brasil 40 milhões de pessoas que não têm internet. Com o leilão do 5G, a gente colocou como prioridade levar internet para essas pessoas que não tem. E eu pedi ao presidente do BID uma linha de crédito, um incentivo, para que a gente pudesse antecipar esse prazo para que pudéssemos levar internet para essas pessoas que mais precisam”, disse o ministro das Comunicações.

Fábio Faria lidera uma comitiva oficial do governo federal, acompanhada de integrantes do Tribunal de Contas da União (TCU), aos Estados Unidos para conhecer modelos de uso seguro da rede 5G e promover investimentos no setor de telecomunicações brasileiro.