O leilão da tecnologia 5G deve realizado em junho ou julho de 2021, afirmou Fábio Faria, ministro das Comunicações, nesta quarta-feira (2), durante uma coletiva de imprensa do órgão. De acordo com Faria, a previsão é de que a quinta geração da conexão móvel esteja em todas as capitais brasileiras até julho de 2022.
O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participa do programa A Voz do Brasil

O leilão da tecnologia 5G deve realizado em junho ou julho de 2021, afirmou Fábio Faria, ministro das Comunicações, nesta quarta-feira (2), durante uma coletiva de imprensa do órgão. De acordo com Faria, a previsão é de que a quinta geração da conexão móvel esteja em todas as capitais brasileiras até julho de 2022.

“Até julho do ano que vem vamos ter o 5G standalone em todas as capitais. Temos até 2028 para aplicação total dos compromissos do leilão – como levar internet 4G para todas as localidades acima de 600 habitantes”, disse.

O ministro afirmou que está planejando, junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) e da Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel), os próximos passos para a realização do leilão.

“Os ministros do TCU afirmaram que podem analisar o leilão em cerca de 60 dias. Já respondemos por parte do governo e da Anatel todos os questionamentos. Depois que sair do TCU temos em torno de 30 dias na Anatel para realização do leilão. Não acredito que haverá retrocesso”, completou.