A avaliação negativa (ruim/péssimo) do governo Jair Bolsonaro cresceu quatro pontos percentuais em relação ao levantamento anterior, realizado entre os dias 10 a 12 de maio, e atingiu 55%. É o que aponta a nova pesquisa PoderData (24 a 26 de maio).

Apesar do aumento do índice negativo, a avaliação positiva (Ótimo/Bom) de Bolsonaro ficou estável em 28%.

O aumento da avaliação negativa ocorreu sobre quem considerava o governo regular (queda de 19% para 13% em relação à pesquisa passada).