Vacinação na aldeia indígena Umariaçu, próximo a Tabatinga, Amazonas.

O Ministério da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (14), que fechou o contrato para a aquisição de mais 100 milhões de doses da vacina da farmacêutica Pfizer em parceria com a empresa BioNTech. Este novo lote, que deverá ser entregue entre setembro e novembro deste ano, se soma aos 100 milhões de doses que já haviam sido adquiridos pela pasta anteriormente. Ao todo, já são 200 milhões de doses do imunizantes adquiridas, com a empresa, pelo governo.

O primeiro lote de 100 milhões de doses já começou a ser entregue no mês de abril, em uma remessa de 1 milhão de doses. Conforme o cronograma, está prevista a entrega de outros 2,5 milhões em maio e 12 milhões em junho.

Para o mês de maio, segundo o Ministério da Saúde, estão previstos ainda 20,5 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca produzida pela Fiocruz, 3,9 milhões da Oxford/AstraZeneca obtida pelo consórcio Covax Facility, cinco milhões da Coronavac e mais 842 mil da Pfizer pelo Covax Facility, totalizando 32,9 milhões de doses.