Foto: Osnei Restio/Prefeitura de Nova Odessa

A proposta que permite aos idosos serem vacinados em casa durante campanhas de imunização, sempre que for impossível o deslocamento aos postos de vacinação, foi aprovada, na última quinta-feira (13), na Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados.

O Projeto de Lei 1220/20, do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

A proposta recebeu parecer favorável da deputada Carla Dickson (Pros-RN), que afirmou que a possibilidade de vacinar as pessoas idosas e com dificuldade de locomoção em casa é de extrema relevância. “Temos, efetivamente, muitos idosos impossibilitados de se locomoverem, tanto por motivo de doenças quanto de dificuldades de transporte”, ressaltou a relatora do texto.

Com a aprovação, a deputada recomendou a rejeição do PL 236/21, que trata do cartão de vacinação dos idosos. Para Dickson, o projeto é desnecessário, uma vez que o cartão de vacinação tradicional já cumpre este objetivo.