O Senado Federal discute, nesta quarta-feira (16), a Medida Provisória (MP) da capitalização da Eletrobras . A expectativa, de acordo com apuração da Arko Advice, é de que a votação da MP fique para esta quinta-feira (17).
Foto: Divulgação Eletrobrás

Durante audiência pública na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, na última terça-feira (11/05), Bento de Albuquerque, Ministro de Minas e Energia (MME), garantiu que com a privatização da Eletrobras não haverá qualquer aumento na tarifa de energia elétrica e que a segurança energética nacional está garantida e preservada. Além disso, o ministro disse que todos os ativos da empresa continuarão pertencendo à União.

Albuquerque apresentou, ainda, um balanço dos resultados obtidos pelo MME de 2019 até 2021 e falou sobre retomada do setor, programas e políticas públicas, visão de longo prazo do governo, ações prioritárias em andamento e sobre a relevância do setor de minas e energia para o Brasil.

Hoje o Brasil é o sétimo maior produtor e exportador de petróleo do mundo, o segundo maior produtor e mercado consumidor de biocombustíveis e o quarto maior mercado consumidor de combustíveis automotivos. No setor elétrico, o Brasil é o sétimo maior em capacidade instalada e o segundo maior em geração hidrelétrica. Já no minério, o Brasil é o segundo maior produtor de minério de ferro e o novo maior produtor mineral do mundo.

De acordo com Bento de Albuquerque, os investimentos totalizaram 160 bilhões de reais em 2019 e 2020. Desta forma, o setor de minas e energia foi responsável por 26% de toda a entrada de investimentos estrangeiros no Brasil.