Presidente da República, Jair Bolsonaro durante audiência com Luiz Henrique Mandetta. Foto: Marcos Corrêa/PR

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a atuação do governo no combate à pandemia da covid-19 realiza nesta terça-feira (4) as primeiras oitivas. Serão recebidos e questionados os ex-ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Nelson Teich.

Mandetta, o primeiro a ser ouvido, deve ser pressionado a expor suas divergências com o governo Bolsonaro em relação à forma de combate à Pandemia. O ex-ministro foi demitido em abril de 2020 por defender medidas de isolamento mais rígidas e se recusar a compactuar com o uso de cloroquina contra a covid-19, já que o medicamento não tem eficácia científica comprovada contra a doença.

Por outro lado, também pesa o fato de Mandetta se portar como pré-candidato para 2022, o que pode levar tanto governo como oposição a tentar desgastar a imagem do ex-ministro.